Contabilidade

Como declarar imposto de renda?

 

COMO DECLARAR O IMPOSTO DE RENDA

O Imposto de renda é o valor anual descontado do rendimento do trabalhador ou de uma empresa e entre ao Governo Federal. Uma parte da porcentagem é descontada fixamente pelo governo.

O órgão responsável pela recolha do imposto de renda no Brasil é a Receita Federal. No site desse órgão é possível a elaboração da declaração do documento. Além disso, eles são responsáveis pelo cruzamento das informações prestadas pelos contribuintes para a verificação da veracidade.

O trabalhador paga o Imposto de Renda sobre Pessoa Física, que é a declaração anual comprovativa dos rendimentos que é denominada como DIRPF – Declaração de Ajuste Anual. A apresentação desse documento é obrigatória a todas as pessoas que possuem um valor mínimo superior definido pelo governo.

Como declarar o Imposto?

A Web Certificados separou algumas dicas de como declarar o Imposto de Renda.

  1. Antes de começar, baixe o programa da Receita Federal
  2. O segundo passo é separar toda a sua documentação.  Você vai precisar ter em mãos os informes de rendimentos da empresa em que trabalha, de instituições financeiras e de outras rendas recebidas no ano anterior. Por exemplo: Você está fazendo a declaração do ano de 2018, você vai precisar de toda documentação do ano passado.

APÓS ENTRAR NO SITE

Escolha a opção “Declaração de ajuste anual”. Após, preencha os primeiros os seus dados pessoais, como endereço e CPF. Você também precisa informar o número do recibo da declaração ENTRE NO ANO PASSADO, o número do seu titulo eleitoral e sua profissão.

É importante ressaltar que você sempre deve declarar suas fontes pagadoras e instituições financeiras. Caso o contrário, poderá cair na malha fina da Receita Federal.

Após preencher o seu cadastro você deverá informar e declarar os rendimentos do ano passado. Na ficha “Rendimentos tributáveis recebidos do PJ pelo Titular”, precisam ser informadas TODAS as fontes pagadoras e todos os valores recebidos no ano anterior.

APLICAÇÕES FINANCEIRAS

Saldo em conta corrente e bens como imóveis e veículos devem ser informados na aba “Bens e direitos”.

PAGAMENTOS DE DESPESAS

Os gastos com despesas e que podem ser comprovadas, como pagamentos com saúde e educação, devem ser declarados na ficha “Pagamentos efetuados”, e precisam ser informados o CNPJ ou CPF da instituição ou do profissional.

ATENÇÃO

Existe uma aba no site da Receita Federal chamada “verificar pendências”. Caso algum campo obrigatório não tenha sido preenchido, o próprio programa fará o alerta.

O ÚTLTIMO PASSO

O último passo é escolher o modelo de tributação: por deduções legais, a chamada completa, ou por desconto simplificado. O próprio site indica a opção mais vantajosa.

ENTREGA DA DECLARAÇÃO

A última coisa que você deve fazer é clicar em “Entregar Declaração”, no canto esquerdo inferior da tela. A declaração é salva e uma nova caixa aparecerá na tela, pedindo ao contribuinte selecionar a declaração a ser entregue e clicar em OK.

QUEM DEVE DECLARAR IMPOSTO DE RENDA?

  • Deve declarar quem tem renda anual maior do que R$ 28.559,70
  • Quem teve mais de R$ 142 mil em receita com atividade rural
  • Quem tem ganho de capital e operações em bolsa de valores
  • Quem tem mais de R$ 300 mil em bens e direitos

QUEM NÃO PRECISA?

  • Não está citado na lista citada acima
  • Foi inserido em outra declaração
  • Tinha, no ano anterior, bens ou direitos que foram declarados no imposto de renda do cônjuge e com valor total menor do que R$ 300 mil.

Gostou das nossas dicas? É importante manter o Imposto de Renda em dia. Tem alguma dúvida? Deixa nos comentários abaixo.

 

Não fique por fora dos nossos conteúdos, veja mais em —> https://blog.webcertificados.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *